Av. Bias Fortes, 247 - Lourdes - Belo Horizonte - MG - PLANTÃO 24h - Tel.: 31 3292.7172

Radiologia

A radiologia exibe a arcada dentária ou a boca toda, detalhadamente, para o dentista analisar e recomendar o melhor tratamento. A radiologia odontológica reveste-se de crucial relevância na atualidade, quer em termos de diagnóstico de diferentes patologias, quer em termos de avaliação da resposta ao tratamento, como por exemplo a cárie dentária, as doenças periodontais, os tratamentos ortodônticos (aparelhos dentários), as próteses dentárias e a colocação de implantes dentários, entre muitas outras.

Os procedimentos estão entre as principais ferramentas para garantirem um diagnóstico detalhado e adequado, conforme cada caso. Os especialistas utilizam métodos exploratórios com imagem, acompanhados de documentação do complexo bucomaxilofacial e estruturas anexas. A Clínica tem equipamentos de última geração para maior qualidade, segurança e agilidade na disponibilização de resultados.  

O dentista pode solicitar várias radiografias, dependendo, em grande parte, do tipo de cuidados que o paciente precisa receber:

  • Periapical: visualização de detalhes de um dente ou um pequeno grupo de dentes, desde a parte superior do dente até o osso que ajuda a apoiar o dente
  • Interproximal: visualização das arcadas dentárias superior e inferior. A radiografia também pode ajudar a observar como esses dentes tocam uns nos outros
  • Panorâmica: visualização dos dentes, mandíbulas, área nasal, seios nasais e articulações da mandíbula
  • Oclusal: visualização nítida do assoalho da boca para descobrir qualquer dente extra ou dentes que ainda não nasceram

A radiografia panorâmica é um importante exame radiográfico para o diagnóstico e planejamento terapêutico das doenças dos dentes e dos ossos da face. Atualmente, a maioria dos dentistas solicita esse exame no início para controle dos tratamentos odontológicos, sendo excelente para uma visão ampla da maxila e mandíbula.

O exame tem amplas indicações na Odontopediatria, tanto na prevenção, como no diagnóstico de distúrbios dentais e raciais. O dentista pode fazer o “pré-natal” dos dentes, examinando-os, mesmo antes que erupcionem, podendo analisar a localização, forma, angulação e a presença de dentes extranumerários (dentes que excedem o número normal) ou agenesia (falta do germe dentário) e, assim, prevenir ou atenuar futuros problemas estéticos e/ou relacionados à articulação. O estudo dos ossos na procura por lesões intra-ósseas, como cistos e tumores, também faz parte de uma boa odontologia preventiva.

Em alguns casos, para a realização do exame, a pessoa é convidada a retirar qualquer espécie de jóias (brincos e piercings, por exemplo), óculos ou quaisquer outros objetos de metal que possam interferir nas imagens de raios-x, uma vez que os objetos metálicos são susceptíveis de aparecerem na imagem radiográfica, podendo impedir um correto diagnóstico.

Em caso de necessidade, os exames de raio X durante a gravidez podem ser executados. O processo apresenta contraindicações significativas, desde que exista, obviamente, uma causa que justifique a realização. Contudo, no momento da execução, é crucial a grávida informar ao médico ou assistente da gestação. A mulher deverá fazê-lo mesmo que suspeite apenas de uma possível gestação para não expor o bebé à radiação.

A radiologia digital, panorâmica e pequenas radiografias 3D fazem parte dos serviços disponíveis na Clínica Bias Fortes. Agende o seu exame!