Av. Bias Fortes, 247 - Lourdes - Belo Horizonte - MG - PLANTÃO 24h - Tel.: 31 3292.7172
Clareamento Dental

Demanda por clareamento dental aumenta 30% ao ano no Brasil

O clareamento dental está entre os tratamentos odontológicos mais procurados nas clínicas por exercer um grande impacto na estética bucal e autoestima das pessoas.

Atendendo à demanda do mercado, que aumenta 30% ao ano, conforme dados do Conselho Federal de Odontologia (CFO), a Clínica Bias Fortes presta o serviço com tecnologia e matéria-prima de última geração.

De acordo com o diagnóstico e orientação do cirurgião dentista, é possível executar o tratamento no consultório, em casa ou ainda a combinação de ambos para concluir o procedimento.

 

O que é o clareamento dental?

Clareamento é a técnica que usa agentes para recuperar a cor original dos dentes ou promover o clareamento daqueles que são naturalmente mais escuros.

O escurecimento dental tende a ocorrer com o tempo e pode ter seu processo acelerado devido a traumas no dente, uso frequente de antibióticos, tártaro, erosão dentária e hábitos alimentares.

 

Como é feito o clareamento dental na Clínica Bias Forte?

Antes de cuidar da estética dental, o cirurgião-dentista investiga a causa do escurecimento para propor um tratamento clínico, quando necessário.

Se o motivo dos dentes amarelados for, por exemplo, o tártaro, uma intervenção deve ser feita rapidamente, porque os microrganismos podem se infiltrar nos tecidos de sustentação dental e causar doenças periodontais graves.

Após excluir a necessidade de tratamento clínico, o profissional inicia o tratamento com a opção mais indicada para cada caso.

Na Clínica Bias Fortes, há duas alternativas para quem deseja clarear o sorriso:

 

  1. Clareamento à laser

Nessa modalidade, um agente clareador ácido é aplicado à superfície do dente para a oxidação. Na oxidação, as partículas de oxigênio livre quebram os pigmentos em partículas menores para tornar os dentes mais claros.

O laser é utilizado como fonte de luz de alta potência para catalisar a reação e potencializar o resultado.

O clareamento ambulatorial só pode ser realizado por um cirurgião-dentista, porque os agentes químicos têm alta concentração e podem causar acidentes graves, se manuseados da maneira incorreta.

Geralmente, são necessárias de três a quatro sessões para obtenção do resultado esperado.

 

  1. Clareamento com moldeira

A maior parte deste tratamento é realizada pelo próprio paciente em casa, sob orientação do dentista. Um molde de silicone é feito sob medida e preenchido com um gel clareador de baixa concentração.

O dentista orienta sobre o tempo necessário de utilização por dia e o tempo mínimo e máximo do tratamento, variando de acordo com a substância escolhida, com a condição original do dente e o resultado desejado.

Após o uso da moldeira pelo tempo determinado, a pessoa retorna ao consultório para nova avaliação.

O clareamento deve ser individualizado e, por isso, é importante se atentar para o perigo dos clareadores para uso caseiro existentes no mercado. O uso indiscriminado pode causar sensibilidade dolorosa, irritação nas gengivas e até problemas gastrointestinais.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) é o órgão responsável por regulamentar e controlar as vendas desses produtos e o cirurgião-dentista é responsável por avaliar e indicar o modelo de tratamento mais adequado para cada pessoa.

Agende uma avaliação para você e sua família pelo Whatsapp (31) 994170017 ou pelo Telefone fixo: (31) 3292-7172.

Veja mais:

Check-Up odontológico deve ser meta para 2019

4 Procedimentos para transformar seu sorriso

Facetas de porcelana têm contraindicação?