Av. Bias Fortes, 247 - Lourdes - Belo Horizonte - MG Tel.: 31 3292.7172
Já Parou Pra Pensar No Que Tem Na Sua Escova De Dente

Como escolher a escova de dente ideal?

A escova de dentes tem um papel fundamental na higiene bucal e  manutenção de um belo sorriso. O que determina a eficácia de uma escova, nem sempre é seu valor de compra ou o design. Como escolher a escova de dente ideal?

Formato da cabeça

O que mais diferencia as escovas é o tipo de cerda e o formato da cabeça,  podendo ser retangular ou cônica, por exemplo. As diferenças são fundamentais para atender os diversos públicos, como faixa etária e tamanho do arco dental ou tipo da gengiva.

Quando o assunto é o formato da cabeça, a recomendação é escolher modelos mais delicados, já que, as cabeças muito exageradas dificultam a limpeza da boca em algumas regiões, como os dentes no fundo. A sugestão é optar por modelos ovalados e menores.

Cerdas

As cerdas removem  as placas bacterianas dos dentes e os resíduos de alimentos sem machucar as gengivas. Anteriormente, as escovas eram classificadas em macias, médias e duras, em função das cerdas.

Atualmente, as escovas são supermacias, ultramacias e extramacias. Ao contrário que algumas pessoas acreditam, as escovas duras não são mais eficazes para a limpeza, pois a eficiência está ligada aos movimentos circulares e suaves e não à força ou a cerdas duras.

É possível encontrar escovas de dente com cerdas especiais, como por exemplo, com coloração diferente para sinalizar, quando for momento de trocar ou com sistema para impedir a proliferação de bactérias.        

E a língua?

Não há nenhum estudo comprovando a eficácia do limpador de língua das escovas. A recomendação é escovar a língua, mesmo que seja com as cerdas, valendo ressaltar que pode-se usar uma força extra para remover os resquícios de comida.

Cabo

Os cabos podem variar em flexíveis ou não, com ou sem ranhuras, entre outros. Embora existam diversas opções, o ideal é optar por um cabo mais emborrachado e liso, porque alguns designs possuem entalhos, propiciando o acúmulo de sujeira e, posteriormente, a presença de bactérias e fungos.

Sobre a conservação

É fundamental guardar a escova de dentes corretamente para garantir a eficiência da higiene bucal. Evite deixar a escova no banheiro, já que o uso da descarga libera coliformes fecais no ar e a pia do banheiro é um dos lugares mais contaminados.

Use uma capinha de proteção com furos para ventilação e deixe a escova em posição vertical, de preferência em armários com portas. A recomendação é trocar as escovas a cada três meses, ou quando as cerdas apresentarem desgaste.        

Leia mais:

Erosão dentária: Causas e prevenções

Como prevenir as doenças bucais mais comuns?

Alimentos que mancham os dentes

Conheça nossas redes sociais:

Instagram

Facebook